destaque

Eletrolipólise

É um método da acupuntura para realizar o tratamento da adiposidade localizada e consiste na inserção de agulhas de acupunctura, no tecido celular subcutâneo da área a tratar.

ler tudo )

Como a Haloterapia o pode ajudar?

A HALOTERAPIA vai atuar ao nível respiratório, dermatológico e psicológico, promovendo no imediato efeitos de alívio e bem-estar sentidos pelo paciente nas primeiras sessões de tratamento.

- A NÍVEL RESPIRATÓRIO

Mais de 40% da população global têm sintomas respiratórios significativos. As queixas alérgicas atingem cerca de um quarto da população. Estes números confirmam-se em Portugal e são dados do Observatório Nacional das Doenças Respiratórias (ONDR) e da Associação Nacional de Tuberculose e Doenças Respiratórias (ANTDR).
Pode contar com a Haloterapia para ajudar a aliviar os sintomas e ajudar no tratamento das seguintes patologias:

Asma brônquica, bronquite crónica, rinite, sinusite, enfisema, amigdalite, otite média, faringite, tosse, febre do feno, fibrose cística e repetidas infecções virais.

PRINCIPAIS FUNÇÕES DA HALOTERAPIA:

- Limpar o muco das vias respiratórias, removendo a obstrução do fluxo de ar
- Melhorar o mecanismo de depuração dos mucos
- Reduzir a hiperactividade brônquica
- Melhorar a função pulmonar e o desempenho do sistema respiratório
- Fluidificar as secreções
- Reduzir o edema da mucosa nasal, permitindo a drenagem dos seios perinasais
- Fortalecimento do sistema imunitário, reduzindo as reacções alérgicas aos pólenes


O especialista em alergias, Dr Robert Boyle, do Imperial College, afirma que tem utilizado a Haloterapia no tratamento de pacientes com fibrose cística com bons resultados. Segundo ele: A concentração salina é usada em crianças com fibrose cística de muco fino. Quando é inalada, ajuda as secreções.
Os tratamentos continuados de Haloterapia podem, entre 70% a 80% dos casos, conduzir à regressão da doença. A doença deixa de se manifestar, podendo inclusive o paciente deixar progressivamente de ter necessidade de usar medicamentos alopáticos à base de químicos no tratamento da Asma (cortisona, esteroides, etc.), que produzem efeitos secundários, nocivos para o organismo humano. Deste modo melhora extraordinariamente a sua qualidade de vida, sempre sob supervisão do médico.

- A NÍVEL DERMATOLÓGICO

Nos problemas dermatológicos, possui uma acção regenerativa da pele através do aumento da microcirculação, provocado pelo "depósito" das micro partículas do sal. Elimina as bactérias e os fungos.
Alivia dermatoses, eczemas e psoríase.
Os iões negativos ajudam a reforçar o colagénio, melhora a permeabilidade da célula (membranas plasmáticas) e por conseguinte melhora o metabolismo.

- A NÍVEL PSICOLÓGICO

A exposição a um meio hipertônico, reduz a irritabilidade, a depressão e estados de tensão, promovendo uma sensação relaxante.

QUANTAS SESSÕES SÃO RECOMENDADAS?

Cada caso é diferente, mas para atingir resultados duradouros é recomenda a realização de um conjunto de tratamentos.
De acordo com a experiência, os especialistas recomendam:

- Para casos crónicos do foro respiratório e dermatológico, tais como asma, bronquite, sinusite, alergias fortes e psoríase: 10 a 30 sessões, devendo as primeiras sessões serem efectuadas com o intervalo máximo de 2 dias

- Para problemas moderados, constipações, infecções dos ouvidos ou outros desconfortos respiratórios, como alergias ligeiras, devem ser realizadas entre 5 a 10 sessões

A eficácia da HALOTERAPIAé maior quando as sessões são realizadas com a periodicidade recomendada.
Após a fase inicial de tratamentos, e quando o cliente sentir melhorias significativas, o intervalo entre sessões pode ser superior.

Deverá repetir o tratamento 3 vezes por ano.

mais informação (link)

Haloterapia

História da Haloterapia

O que é a Haloterapia?

Como a Haloterapia o pode ajudar?

Como se processa uma sessão de Haloterapia?

A Haloterapia tem contra-indicações?